loop discos branco

Você pode ser capitalista e amar a propriedade, pode ser um cético daqueles de não acreditar nem no tudo, nem no nada, mas não pode sair igual depois de ouvir Os The Darma Lóvers. Não apenas porque o Nenung e a Irina cantam o que realmente praticam, mas porque fazem isso com uma beleza tão sincera que até o niilista mais xiita precisaria ter um coração de aço para não se entregar.

Lançaram 6 discos até aqui, agitaram para causar efervescência correndo estradas e tocando muitos. Confiando na sua coerência em diferentes períodos decidiram dar um tempo para nutrir seus corações e mentes em retiros de meditação profunda e peregrinações por lugares sagrados. Espalharam sementes pela Europa, correram o Brasil de norte a sul e decidiram seguir juntos como um núcleo imaginário, criativo e alegre neste mundo. Enquanto a impermanência permitir.